New Mecanica

Ao terceiro álbum, os New Mecanica assinaram um contrato com a Wormhole Death Records, editora Italiana que pertence à Aural Music, e o resultado final chegou em Outubro deste ano. Com uma sonoridade mais apurada e um trabalho de produção exímio, a banda do Barreiro consegue aqui o seu trabalho mais coeso e interessante, misturando vários géneros e sonoridades do metal.

Ao longo de dez faixas, somos enviados para uma aula de como tocar boa música pesada. Aqui não há apenas um registo ou estilo, mas sim uma mescla de variantes e registos que tornam Vehement um álbum diversificado e fácil de ouvir para qualquer apreciador de metal, quer sejam mais adeptos de heavy, thrash, speed ou power metal.

Destaque para algumas faixas como o segundo single “Lost Paradise”, a faixa perfeita para acompanhar o lançamento deste álbum, com um riff inicial poderoso e um refrão que fica facilmente no ouvido de qualquer um, “A Second”, uma ode a Phil Anselmo e Dimebag Darrell, onde é impossível não abanar todo o corpo de forma desenfreada, e “Vehement”, um tema mais calmo e relaxado, mas com muita garra e poder. Há ainda espaço para “Clouded”, que conta com um solo (e que solo) do conterrâneo Fast Eddie Nelson.

No final, ficou apenas a vontade de ouvir mais. Mas ao fim de dias a fio a ouvir Vehement, posso dizer, com certeza, que é uma das surpresas mais interessantes deste ano. Os New Mecanica arriscaram e o resultado está a vista com este fantástico álbum de metal. Resta-nos esperar pelos próximos concertos e soltar tudo cá para fora.

Texto: Gonçalo Cardoso

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.