NOISEM – “Agony Defined”

Bandcamp | Facebook | last.fm

Promo

Hoje em dia, Thrash Metal é sinónimo de alguma saturação. Com o revivalismo do género que ocorreu no início dos anos 2000 houve um surgimento de um sem número de bandas que se limitaram a replicar os passos de bandas como Exodus e Slayer, não trazendo grande inovação e acabando por soar a cópias dos seus ídolos. Conseguirão os Noisem escapar-se desta categorização ou serão apenas “mais uma” banda de Thrash?

A partir dos primeiros segundos de Agony Defined, podemos identificar claramente o tema que vai prevalecer durante todo o álbum: a violência. Misturando o Thrash Metal com o Death Metal old-school, a banda criou um álbum devastador, que não deixa o ouvinte descansar durante a totalidade da sua audição. Os riffs violentos, solos a rasgar e bateria devastadora surgem num ritmo frenético, sobrepostos sempre por uma voz num registo (quase) gutural bem consigo, não querendo abrandar até ao final do álbum. Isto pode-se tornar um entrave para o ouvinte mais casual, mas que se aceita dado a que a duração do álbum ronda os 26 minutos.

Este é então um álbum que aposta num “truque” e o tenta explorar ao máximo, sem muita experimentalização. Recomendado para fãs de bandas como Dark Angel, Demolition Hammer ou Exhorder.

// João Vinagre

[one_half] Capa
[/one_half] [one_half_last]

País
E.U.A.

Membros
Tyler – Voz
Sebastian – Guitarra
Travis – Guitarra
Yago – Baixo
Harley – Bateria

Alinhamento
Voices In The Morgue | Birthing The Bestial | Desire And Disgust | Mortuary | Rotten Remains | Severed | Split From The Inside Out | Chronic Dementia | Agony Defined

[/one_half_last]

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.