CAULDRON – “Tomorrow’s Lost”

[Álbum / Earache Records / 8 Outubro 2012]

MySpace | Facebook | last.fm

Depois de ”Chained To The Nite” e ”Burning Fortune”, surge agora ”Tomorrow’s Lost” como terceiro registo de longa-duração de Cauldron. O trio canadiano, com apenas seis anos de existência, tem-nos trazido heavy metal tal e qual como era vivido nos anos 80 e este novo álbum cimenta o facto. Desde o primeiro lançamento, estes Cauldron dificilmente terão desiludido os sues fãs, tendo até aos dias de hoje progredindo naturalmente e transmitindo uma idea de culto e revivalismo e não de inovação. Esse revivalismo no metal funciona como um ciclo, havendo cada vez mais bandas novas que nos trazem e recriam o som da velha guarda para os nossos dias.

Os Cauldron estão a obter, lentamente, um merecido reconhecimento – para quem procura um rejuvenescimento do heavy metal com riffs melódicos q.b., não é preciso investigar mais. “Tomorrow’s Lost” traz um punhado considerável de velocidade dos 80’s com algumas influencias de speed metal e hard rock. Há riffs cativantes e baladas que agradam a qualquer apreciador do género, funcionando como uma agradável surpresa para quem aprecia o heavy metal convencional e uma desilusão para quem esperava algo mais agressivo. O registo começa com a faixa ‘End Of Time’, talvez até a melhor do álbum, com um refrão «daqueles» focado na melodia enquanto o ritmo da bateria se vai intensificando, o que funciona na perfeição – uma escolha muito interessante, ideal para abrir o álbum. Muito semelhante é ‘Burning Fortune’, apresentando algumas diferenças na voz e na harmonia em si. ‘Born To Struggle’ mostra-nos o lado mais melódico dos Cauldron através de guitarras mais harmonizadas e voz mais calma, sendo também bastante eficaz. ‘Summoned To Succumb’ e ‘Endless Ways’ saem um pouco do contexto comparativamente às restantes, nada demasiado preocupante (mas acabam até por ser faixas medíocres).

Em suma, canções como ‘Burning Fortune’ e ‘End of Time’ são claramente destaques neste mais recente trabalho. Pode-se afirmar que Cauldron são das melhores bandas de uma nova onda de NWOBHM, pois é provável que agrade à maioria dos fãs do heavy metal mais tradicional ao hard rock convencional. É um álbum bastaste coeso, que apesar de conter doze músicas, é de fácil digestão. Aconselha-se a audição várias vezes, pois o impacto inicial pode não seduzir os ouvintes.

[83/100] // Rita Mota

[one_half]
[/one_half] [one_half_last] País
Canadá

Membros
Jason Decay – Voz, Baixo
Ian Chains – Guitarra
Chris Rites – Bateria

Alinhamento
End Of Time | Born To Struggle | Nitebreaker | Summoned To Succumb | Burning Fortune | Endless Ways | Relentless Temptress | Fight For Day | Tomorrow’s Lost (Sun Will Fall)

[/one_half_last]

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.