Esbatendo as fronteiras entre o post-rock e a música neoclássica, o famoso quarteto japonês Mono propõe-se, nas suas próprias palavras, a ‘comunicar o incomunicável’. Movendo-se graciosamente entre delicadas melodias, evocativas orquestrações e violentas paredes de som, a música dos Mono captura e reflecte as nuances de cada emoção humana – da tristeza à exultação, da serenidade à cólera –, com cada uma das suas composições a desencadear uma intensa viagem introspectiva.

Depois de uma série de concertos memoráveis no passado recente, os Mono regressam a Portugal mais uma vez pela mão da Amplificasom, para uma data dupla de apresentação do seu mais recente álbum, Nowhere Now Here, editado a 25 de Janeiro do ano passado pela Pelagic Records. Antes dos Mono, subirá ao palco A.A. Williams, que mostrará o porquê de Forever Blue ser um dos álbuns de estreia mais aclamados dos últimos tempos. Com influências que vão desde o post-rock até ao dark folk, e fazendo também referências a nomes como PJ Harvey e Emma Ruth Rundle, a assombrosa música da artista londrina soará pela primeira vez ao vivo em Portugal nesta ocasião – recordemos também que Mono e A.A. Williams se aliaram num EP colaborativo lançado no ano passado, pelo que possa vir a ser uma oportunidade única de ver ambos os artistas juntos em palco.

Os concertos terão lugar no Hard Club, na noite de 29 de Março, e no Lisboa Ao Vivo, a 30 de Março. Bilhetes para ambos estarão disponíveis brevemente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.