Se uma pandemia não o tivesse impedido, o NOS Alive 2020 arrancaria hoje para quatro dias de música no Passeio Marítimo de Algés. À falta disso e com o adiamento para o próximo ano, a organização anunciou mais de uma dúzia de nomes para os dias 7, 8, 9 e 10 de Julho de 2021. Entre eles está a novidade Red Hot Chili Peppers (na foto), que não constavam na edição para este ano.

Os californianos Red Hot Chili Peppers são uma das bandas maiores de rock e regressam assim a Portugal quatro anos depois da última passagem por Lisboa. Desta vez será com a formação “clássica”, dado o regresso do guitarrista John Frusciante à formação após dez anos de ausência. Anthony Kiedis (voz), Flea (baixo) e Chad Smith (bateria) fazem a restante banda, reconhecida mundialmente por temas tão icónicos como “Californication”, “Under the Bridge”, “Scar Tissue”, “Otherside”, “By the Way”, “Can’t Stop” ou “Give It Away”. A banda tem então concerto marcado no Palco NOS a 8 de Julho, dia que conta ainda com as presenças de alt-J, Nothing But Thieves e Seasick Steve.

A 10 de Julho o destaque maior vai para Two Door Cinema Club, que “transitam” também da edição de 2020 para 2021 juntamente com Caribou, Parcels e Alec Benjamin para o mesmo dia. No dia anterior, 9 de Julho, será possível ver Angel Olsen, Moses Sumney, Hobo Johnson and the Lovemakers e ainda Sea Girls.

Já o primeiro dia do festival, 7 de Julho, conta ainda apenas com Black Pumas e Fontaines D.C., estes últimos prestes a lançar o seu segundo álbum, A Hero’s Death, o desejado sucessor do aclamado Dogrel.

A 14ª edição do NOS Alive soma assim vários nomes para se juntar a Da Weasel no cartaz de 2021. Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais e, caso seja portador de bilhete para o NOS Alive 2020 ou voucher, deverão proceder à troca obrigatória para bilhetes válidos do NOS Alive 2021, mediante lotação disponível.

Leave a Reply

Your email address will not be published.