Foi através de um extenso comunicado que o Comendatio Music Fest anunciou a difícil decisão de adiar a edição deste ano, inicialmente marcada para os dias 6 e 7 de Junho. Sem grandes surpresas dada a evolução da pandemia e da decisão do governo português de proibir quaisquer festival de verão até o final de Setembro, o Comendatio adia assim a sua edição de 2020 para os dias 17 e 18 de Outubro, com algumas mudanças no cartaz e nos bilhetes.

No que toca ao cartaz, o festival anuncia os inevitáveis cancelamentos de Monuments, Vola e Voyager, assim como as actuações acústicas de Anneke van Giersbergen e Antimatter (marcadas para o dia de warm-up, 5 de Junho), tendo sido todas elas forçosamente adiadas para 2021, com data ainda a confirmar. Já existe portanto base do cartaz de 2021 a ter em conta.

Nem tudo são más notícias, no entanto, pois o australiano Plini (na foto) fora agora confirmado para a edição deste ano, naquela que será a sua derradeira estreia em Portugal, juntando-se assim aos resistentes que fazem ainda parte do cartaz deste ano – Haken, Rendezvous Point, Catacombe, Subversive, Rei Bruxo, Dream Pawn Shop, Needle e Fifth Empire. Quanto aos bilhetes para esta edição a realizar-se em Outubro e também para a do próximo ano, o festival oferece várias opções, nomeadamente a troca do original passe geral por um novo que poderá servir tanto para a edição deste ano como a de 2021, mediante escolha do portador do bilhete. Informações mais detalhas podem ser encontradas no comunicado oficial do evento, aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.