Os The Strokes estão finalmente de regresso a Portugal, nove anos depois. A banda de Julian Casablancas, Nick Valensi, Albert Hammond Jr., Nikolai Fraiture e Fabrizio Moretti sobe ao Palco NOS no dia 11 de Julho para encabeçar o último dia de NOS Alive 2020.

É preciso recuar a 2011 para recordar a última passagem da banda por Portugal, na altura pelo Super Bock Super Rock. Desde então a banda editou apenas Comedown Machine, em 2013, o sucessor de Angles de 2011, e as passagens de alguns membros da banda por solo português fizeram-se nesse mesmo festival: primeiro um concerto em nome de Albert Hammond Jr. em 2014 e mais tarde Julian Casablancas actuou num controverso concerto de The Voidz, em 2018.

Os The Strokes são um dos nomes maiores do rock do virar do milénio, com a estreia Is This It (2001) a ser um dos mais aclamados registos do género no último par de décadas. Room On Fire (2003) e First Impressions Of Earth (2005) são os outros dois álbuns da sua discografia repleta de singles orelhudos e incontornáveis no estabelecimento do indie rock dos 00’s, como “Last Nite”, “Someday”, “Reptilia” ou “You Only Live Once”.

A banda nova-iorquina junta-se então a Da Weasel, Two Door Cinema Club e HAIM no palco principal do NOS Alive a 11 de Julho, dia que conta ainda com as certezas de Alec Benjamin, Parcels e Wolf Parade no Palco Sagres.

Leave a Reply

Your email address will not be published.