Depois de Pixies, Parquet Courts, Woods e Black Country, New Road, o festival Vodafone Paredes de Coura soma agora mais três nomes: Idles (na foto), The Comet Is Coming e (Sandy) Alex G.

Oriundos de Bristol, os Idles constituem já hoje um porta-estandarte do humanismo e da honestidade. São um grito punk rock ao conservadorismo do Brexit e em prol de uma sociedade vulnerável, mas fazem-no com letras poéticas e com alguma intimidade como no mais recente Joy As An Act Of Resistance., de 2018, um dos melhores registos de rock dos últimos anos. A banda reencontra-se então com o público português na 28ª edição do Vodafone Paredes de Coura.

Igualmente do Reino Unido, mas a partir de Londres, o trio de jazz futurista The Comet Is Coming tem também novo encontro com Portugal. Shabaka Hutchings, Dan Leavers e Max Hallett têm em Trust In The Lifeforce Of The Deep Mystery o seu mais recente trabalho de longa duração, sucessor de Channel The Spirits, ancorado pelo ainda mais recente EP Afterlife.

Alexander Giannoscoli é actualmente conhecido no mundo da música como (Sandy) Alex G. O músico cantautor, anscido no estado da Pensilvânia, iniciou a carreira com sucessivos lançamentos DIY através de plataformas digitais como o Bandcamp, antes de em 2014 se lançar pela primeira vez através de uma editora: DSU teve a mão da Orchid Tapes, mas em 2015, com Beach Music, já trilhava caminho na gigante Domino. Lançou ainda Rocket em 2017 e traz ao Minho as canções de House Of Sugar, lançado no passado mês de Setembro.

O Vodafone Paredes de Coura 2020 celebra-se de 19 a 22 de Agosto nas margens do rio Coura, na Praia Fluvial do Taboão. Os passes gerais podem ser adquiridos na Bilheteira Online e locais associados, assim como na app do festival, por 95 euros.

Leave a Reply

Your email address will not be published.