Nos passados dias 6, 7 e 8 de Setembro realizou-se a 43ª edição da Festa do Avante!, aquele que é considerado o maior evento musico-cultural do país. Como habitual, ao longo de três dias, realizaram-se dezenas de concertos na extensa programação musical, para além das várias horas preenchidas por teatro, cinema, workshops, performances, etc. nos múltiplos palcos espalhados pela Quinta da Atalaia, no Seixal, e também na recente Quinta do Cabo, aberta ao público da Festa apenas há três edições atrás.

Para reportagem estão fotogalerias dos três dias da Festa do Avante!, da autoria de Nuno Bernardo.

Na primeira noite, sexta-feira, o Palco 25 de Abril, o maior da Festa, dedicou-se à música clássica com o Concerto do Romantismo ao Modernismo, com a direcção do maestro Vasco Pearce de Azevedo e dos solistas Trio Adamastor e António Rosado. Mais tarde, já no Palco Novos Valores, foi o hiphop do Conjunto Corona a satisfazer o público com o seu Santa Rita Lifestyle.

 

No sábado a gastronomia e o artesanato ganham espaço na agenda, dado o elevado número de bancadas a visitar por curiosidade ou interesse em toda a Festa. Seja pelo Espaço Central, que este ano incorporou a exposição Bienal de Artes, ou pelas áreas regionais (de Norte a Sul, ilhas inclusive) e internacionais (com forte presença dos países sul-americanos e africanos), o que não falta é forma de preencher o dia à medida que se prolonga. Ainda assim quem se atreveu a desafiar o enorme calor junto ao Palco 25 de Abril encontrou o hiphop de Papillon e os seus convidados, com as sonoridades a mudarem bastante de forma depois da hora de jantar. Aí foi a vez dos Moonspell, com o convidado Paulo Bragança, a imporem o cenário nocturno do amplo anfiteatro deste palco, antes dos norte-americanos The Last Internationale fazerem a sua descarga revolucionária de rock e os Clã, com Samuel Úria e Bruno Nogueira (surpresa!), a fecharem o Palco com a nota máxima.

 

Com a aproximação das legislativas, a agenda política teria o destaque de domingo com o habitual Comício do PCP, pelo que a fixação junto ao Palco 25 de Abril garantiu alguns dos melhores momentos do dia: Fast Eddie Nelson (e convidados como Vítor Bacalhau, Scúru Fitchádu, João San Payo ou Frankie Chávez) e Sebastião Antunes e Quadrilha, que levaram o blues rock e o cancioneiro tradicional, respectivamente, ao palco maior da Festa antes das arruadas em direcção ao mesmo. Já depois do Comício foi a vez de Sílvia Pérez Cruz, catalã familiarizada com a música portuguesa e o Alentejo, arrancar os aplausos. O fecho deste palco ficou a cargo de Expensive Soul, ao mesmo tempo que Iguana Garcia fez mexer a electrónica selvagem no Palco Novos Valores. Já para lá da hora, e em direcção à saída, a Orquestra de Foles no Palco Raízes motivaram os últimos passos de dança, folia e alegria na Festa.

 

A Festa do Avante! regressa à Quinta da Atalaia em 2020 nos dias 4, 5 e 6 de Setembro.

Fotografia: Nuno Bernardo

Leave a Reply

Your email address will not be published.