1 festival, 2 dias, mais de 10 salas e mais de 50 concertos. São estes os números do Super Bock em Stock, que regressa à Avenida da Liberdade, no centro de Lisboa, nos dias 22 e 23 de Novembro. Com o avanço da edição de 2019 do festival surgem também as primeiras confirmações.

Muito se diz e se escreve sobre Kevin Morby, sobre a sua folk e sobre a sua carreira ao largo de trovadores influentes como Bob Dylan e outros mais recentes, como o caso de Kurt Vile. Depois dos aclamados Singing Saw e City Music, há novo disco, Oh My God, numa fase folk gospel de inquietação espiritual. De um para seis e da América para a Suécia, está também a confirmada a presença de Viagra Boys (na foto), banda nascida em 2015 mas que já viu confirmada a sua energia em álbum, Street Worms de 2018, e o rock que tem tanto de garage como de punk contagia ainda mais ao vivo.

Nilüfer Yanya editou este ano o seu álbum de estreia, Miss Universe, mas a jovem britânica finalmente apresenta as credenciais que foi mostrando, aos poucos, através de EPs desde 2016. Indie, soul, jazz, triphop e toda uma expressão incessante são ingredientes a ter em conta. Já Ghostly Kisses é o sonho musical da cantautora canadiana Margaux Sauvé e tem neste 2019 finalmente um lançamento de longa-duração para apresentar, homónimo, depois das belas canções lançadas nos EPs What You See e The City Holds My Heart.

O bilhete único, válido para os dois dias do festival, está à venda nos locais habituais pelo preço de 40 euros até ao dia 31 de Agosto. A partir de Setembro o preço é de 45 euros e nos próprios dias, em Novembro, custará 50 euros.

Leave a Reply

Your email address will not be published.