É já esta segunda-feira, 2 de Julho, que as cinco décadas de legado de Ozzy Osbourne se evidenciam na Altice Arena, em Lisboa, no âmbito de uma digressão mundial de despedida de um dos maiores ícones do rock.

O cantor e compositor distinguido no Hall Of Fame, voz e presença marcante dos Black Sabbath, está-se a despedir em grande dos palcos mundiais até 2020 e cabe agora Lisboa recebê-lo. No ano em que faz 70 anos, Ozzy chega a Portugal com temas eternos de Blizzard Of Ozz e No More Tears e ainda, claro, um trio de temas icónicos de Sabbath, pioneiros do heavy metal. Nesta digressão o frontman contará com os colaboradores de longa-data Zakk Wylde (guitarra), Blasko (baixo), Tommy Clufetos (bateria) e Adam Wakeman (teclados).

A acompanhar Ozzy vão estar os não menos importantes Judas Priest, formados em 1969 e igualmente um nome incontornável na concepção e desenvolvimento do heavy metal. Para a história estão discos como British Steel, Turbo, Screaming For Vengeance ou Painkiller, embora a banda traga o mais recente Firepower para apresentar. Isto numa altura em que a banda antecipa os seus últimos momentos em alguns aspectos, como o guitarrista Glenn Tipton a perder as suas capacidades de tocar ao vivo de forma recorrente devido à doença de Parkinson, podendo esta ser mesmo, a par de Ozzy, a última oportunidade de os ver em solo português.

Ozzy Osbourne e Judas Priest actuam esta segunda-feira em Lisboa, na Altice Arena, com a abertura de portas marcada para as 18h30 e o início dos espectáculo para as 20h00. Os bilhetes, ainda disponíveis, têm o seu custo a variar entre os 42 e os 89 euros.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.