A organização do Vagos Metal Fest anunciou hoje mais meia dúzia de nomes ao cartaz de 2018, que prometem agradar a vários tipos de público. Este é a segunda revelação este mês, que sucede aos três nomes anunciados a 1 de Novembro.

Metade das novidades de hoje são apostas nacionais, com destaque para dois nomes históricos: os Moonspell, que leverão consigo o novo álbum 1755 e reavivam a memória do final épico da primeira edição do festival; e os Holocausto Canibal, os mais famosos grinders portugueses, que prometem destruir o palco com monstruosas vagas sonoras. O trio nacional fica completo com os mais modestos mas promissores Stonerust, com a sua sonoridade algures entre o Groove/Thrash e o Stoner.

Um dos destaques desta nova fornada de peso são os holandeses Carach Angren, os mestres holandeses do metal sinfónico extremo, com o novo álbum Dance And Laugh Amongst The Rotten em bagagem. Já da Alemanha chegam-nos os MasterPlan, uma superbanda de Power Metal progressivo com nomes como o seu fundador Roland Grapow (guitarrista durante 12 anos dos Helloween) e Jari Kainulainen (também durante 12 anos baixista de Stratovarius).

As novidades de 22 de Novembro ficam completas com Lost in Pain, Heavy Metal do Luxemburgo com uma costela de Vagos. No início do mês, a organização tinha anunciado outros três nomes, com destaque para fenómeno mundial do Folk Ensiferum, que lançaram o sétimo álbum Two Paths este ano. De Portugal junta-se o Black Metal melódico dos Invoke, que ao fim de 21 anos e quatro demos lançaram finalmente em 2017 o álbum de estreia, Somnium Paradox. Num registo de Grind/Death, também os Serrabulho farão parte do festival, que prometem uma boa dose de peso e boa disposição.

Estes nomes duplicam assim os anteriormente anunciados Cradle of Filth, Converge, Dragonforce, Sinister, Gwydion, Attic, In Vein, Bölzer e Blame Zeus, totalizando agora 18 bandas.

Termina a promoção do passe geral a 65€ no mês passado, o valor fixa-se agora nos 75€, disponível para compra aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.