No próximo dia 25 de Outubro a Igreja de St. George, na Estrela em Lisboa, faz novamente de quatro paredes para teste à resistência da música exploratória.

Steve Hauschildt (na foto), membro fundador dos já extintos Emeralds, chega de Cleveland como veterano das sonoridades electrónicas e ambientais, desvirtuando as composições pré-estabelecidas pelo uso de sintetizadores, computadores e processadores digitais. Já editou quatro discos pela Krnaky, uma antologia pela Mego e ainda curou uma colectânea na Air Texture, mas é precisamente o mais recente Strands, editado em 2016, que mostrará a Lisboa.

A abrir a noite estará Jari Marjamaki, “o finlandês mais lisboeta de todos os lisboetas”, homem forte daquilo que conhecemos do Desterro, um dos espaços mais livres e criativos da capital. A solo estará a sua electrónica estimulante, fruto do seu trabalho enquanto músico, produtor e DJ.

Em pré-venda os bilhetes custam 8 euros, subindo para os 10 se comprado à porta.

Leave a Reply

Your email address will not be published.