Facebook

Twitter

Subscreve

Subscreve o nosso RSS Feed

Semibreve. Visible Cloaks e Steve Hauschildt, entre outros, completam cartaz

Estão avançadas as últimas confirmações para o Semibreve, festival que é elo de ligação entre a tradução sónica da electrónica e o contexto histórico da cidade de Braga.

A completar o cartaz da próxima edição, a acontecer de 27 a 29 de Outubro no Theatro Circo, no gnration e na Casa Rolão, estão quatro concertos. O de Visible Cloaks (na foto), dupla de Spencer Doran e Ryan Carlile, apresenta um disco de estreia editado este ano via RVNG e com o título Reassemblage. Uma imersiva experiência multi-sensorial de instrumentos virtuais do “amanhã”, aliados à estética visual da artista digital Brenna Murphy, fica a promessa de um dos pontos obrigatórios deste Semibreve.

Também Steve Hauschildt, que foi membro dos seminais Emeralds de 2006 a 2013, surge no cartaz pela sua veterania na comunidade do universo exploratório e experimental. O seu processamento digital recebe novos elogios em 2016, ano em que surge com o seu Strands, o mais recente trabalho.

A completar o line-up, juntando-se aos anteriormente confirmados Valgeir Sigurðsson, Deathprod., FIS ou Gas, entre outros, estão ainda Karen Gwyer e Blessed Initiative.

Entretanto há mais acontecer neste Semibreve. Até ao dia 31 de Julho estão abertas as candidaturas ao Edigma Semibreve Award, prémio internacional para trabalhos no domínio da arte digital que garante um prémio monetário de 2500 euros ao vencedor e a apresentação do seu trabalho no decorrer do festival.

Os últimos passes gerais para o Semibreve encontram-se à venda por 35 euros.

Etiquetas:

Artigos Relacionados