Com o aproximar da 5ª edição do WoodRock Festival na Praia de Quiaios, o festival de rock por excelência da região centro, relembramos tudo o que podem encontrar no cartaz deste ano, incluindo os recentemente divulgados horários de actuação das bandas.

O arranque do evento está marcado para o próximo dia 20 de Julho, com a bilheteira e o parque de campismo a abrirem às 13h, este último de acesso gratuito aos portadores da pulseira geral. Neste primeiro dia, quinta-feira, teremos apenas três bandas em palco: o trio de Almada de rock psicadélico instrumental Desert Mammooth irá abrir o festival às 23 horas, seguindo-se o também trio The Legenderay Flower Punk, à meia-noite, marcando o regresso do russo Kamille Sharapodinov dos The Grand Astoria ao festival, desta vez com um projecto bem mais experimental. O primeiro dia fecha com a dupla psicadélica germânica Tau, a partir da 1h10m, num dos únicos dois concertos da banda este ano em Portugal.

O festival continua na sexta-feira, dia 21 de Julho, com a banda local Dúvida 413 a subir a palco às 21h10m e a dar um toque de rock em português. Segue-se o trio espanhol Oddhums, com a sua mistura de Post-Rock e Post-Metal a ter hora marcada para as 22h. Uma hora depois, às 23h, o rock psicadélico da capital com voz feminina dos Lâmina promete tomar o palco de assalto.

Naquela que é a noite com mais actuações, seis, teremos a partir da meia noite os Black Willows, estreia absoluta dos suíços em Portugal. À 1h10 é a vez dos irmãos Correia darem o seu contributo, antes da noite fechar com os explosivos Mr. Miyagi, de Viana do Castelo.

O festival termina no dia 22 de Julho, com uma mão cheia de actuações imperdíveis. O stoner rock dos bracarenses Mr. Mojo irá abrir a noite, às 22h. Continuando com stoner, segue-se a dupla lisboeta Her Name Was Fire, a partir das 22h50m. O nome maior do cartaz, Mão Morta, tem hora marcada para as 23h50m, estreando-se assim finalmente na Figueira da Foz, naquele que promete ser o momento alto do festival.

Para fechar o WoodRock 2017, teremos mais um par de bandas. Primeiro, à 1 da manhã, o trio londrino Vodun, que trará consigo bastante alma e não deixará ninguém indiferente. O último concerto será dos Bala, a partir das 2h10m, uma dupla espanhola que promete um final verdadeiramente frenético.

Tudo isto pode ser experianciado por apenas 24€ pelo passe geral, ou 22€ para os últimos dois dias, ambos com acesso gratuito ao Parque de Campismo de Quiaios. Já os bilhetes diários serão de 6€, 11€ e 14€ respectivamente para os dias 20, 21 e 22 de Julho. Apenas o bilhete geral ou parcial podem ser adquiridos online na BOL e na Fnac, ou então presencialmente nas lojas Worten, Fnac, nos CTT e em dois cafés locais, 8 22 e MeuCafé Quiaios. Os bilhetes diários estarão apenas à venda na bilheteira do festival, aberta todos os dias a partir das 13h.

A zona de campismo é mesmo ao lado do recinto e fica a apenas 100 metros da praia de Quiaios, onde também existe uma piscina pública, na qual os portadores da pulseira do festival terão um desconto de 50 cêntimos.

Todas estas informações e posteriores podem ser vistas e acompanhadas no evento oficial no Facebook. Certo é que a edição deste ano promete ser a melhor de sempre do festival. Fiquem abaixo com uma playlist com todas as bandas em cartaz, por ordem de actuação:


Leave a Reply

Your email address will not be published.