Não há Amplifest este ano. Foi assim que a Amplificasom, promotora do concerto que hoje noticiamos (em operaçãoes com a Uguru), quebrou o silêncio sobre a realização ou não de um dos festivais mais amados do nosso país, deixando-nos assim um vazio por preencher. Mas a promotora não é de nos deixar tristes e por isso trará algo para nos encher os corações até a próxima edição: Swans.

Quase duas semanas depois de um concerto avassalador no festival NOS Primavera Sound – e três anos desde a sua aparição no acima mencionado Amplifest -, os Swans regressarão a Portugal para duas datas, naquela que será a sua última digressão. Renascidos em 2010 com My Father Will Guide Me Up a Rope to the Sky e agora com um segundo adeus planeado, a banda estará presente a 8 de Outubro no Hard Club (Porto), descendo no dia seguinte para o Lisboa Ao Vivo, num concerto onde não só trarão o seu mais recente registo, e quiçá último, The Glowing Man, editado a 17 de Junho do ano passado pela Young God Records – editora formada pelo próprio Michael Gira -, mas também a sua restante discografia para um concerto que promete ser devastador, bem ao estilo de Swans. A acompanhar a banda estará a multi-instrumentista Baby Dee, que nos apresentará uma obra que tem tanto de excêntrico como de desconcertante.

Os bilhetes para o adeus valem 25 euros e encontram-se disponíveis online na Amplistore e Ticketline, e brevemente no Hard Club (Porto), Louie Louie (Porto), Piranha (Porto), Black Mamba (Porto), Bunker Store (Porto), Flur (Lisboa), Glamorama (Lisboa) e Vinil Experience (Lisboa).

Leave a Reply

Your email address will not be published.