Dez anos a derreter fronteiras, assim se afirma o Milhões de Festa de forma correcta perto de ter o seu alinhamento quase fechado para 2017.

Para Barcelos são agora jogadas as pitadas pop de um Reino Unido quente com Sacred Paws, numa boa onda partilhada pelo punk sujinho de Bad Breeding (na foto) pronto a partir o palco que lhes for colocado nos pés e pela levitação psicadélica de Blown Out.

A atravessar o oceano está Yves Tumor, que repete a explosão sónica de electrónica aliada a extravagante performance que mostrou no Tremor no passado mês de Abril, convencendo a Lovers & Lollypops a um reprise. Também num regresso “instantâneo” está Moor Mother e a sua spoken word sobre um tapete noise.

Continuando a puxar nomes, este Milhões terá também direito aos belgas Cocaine Piss juntos com a dinamarquesa Mette Rasmussen e aos franco-tunisinos Ifriqiyya Électrique se de viagens queremos falar, mas sem deixar de olhar para o “nosso” umbigo numa colaboração improvável: Cave Story, Duquesa e Ra-Fa-El juntos. RATERE e BALA também se juntam ao cartaz do festival.

Mas há mais. O Milhões esbate ainda as fronteiras com outros programadores e festivais e reforça alguns dos seus elos já firmados: do festival galego Sinsal chegam Mweslee e BFlecha; do companheiro minhoto SWR Barroselas Metalfest pingam a javardice de Vai-te Foder e Systemik Violence e o DJ das guitarras glamourosas Nightman; e a colaboração Dedos Biónicos e Mundo Quesadilla oferece ao cartaz os galegos Diola e ainda o kraut tropical de Galgo, os hooligans londrinos de Italia 90 e o camaleão de pop quente Iguana Garcia.

Assunto igualmente sério é falar de bilhetes. Os passes encontram-se à venda por 55 euros até ao 2 de Julho, aumentando depois para 60 euros. O festival, esse, realiza-se de 20 a 23 de Julho no Parque Fluvial de Barcelos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.