O Sabotage Club, epicentro do rock na noite do Cais do Sodré, tem uma agenda bem preenchida para os próximos tempo e contamos destaques até finais de Maio.

Para começar há Galo Cant’Às Duas e Quelle Dead Gazelle já esta quinta-feira, dia 13 de Abril, mas exactamente uma semana depois a música ao vivo regressa ao clube para a estreia nacional de Emma Ruth Rundle (Marriages, Red Sparowes), antes desta rumar ao Porto e a Vila Real nos dias seguintes, trazendo consigo os segredos de Marked For Death. Segue-se então uma maratona para abrir caminho até à festa de aniversário do Sabotage Club: uma tríade nacional composta por Barry White Gone Wrong (dia 21), Lotus Fever (dia 22) e ainda a intervenção de Frente Popular (dia 24). Ainda antes da festa a sala sobe os decibéis para a comunhão noise rock Big Business e Whores., no dia 25.

Para celebrar os quatro anos da sala há concertos de Capitão Fantasma (dia 27), de Memória de Peixe, Alek Rein e Cave Story (dia 28) e ainda dos norte-americanos Tav Falco Panther Burns (dia 29), com muito passa-disco pelo meio.

Em Maio a conversa continua a subir de tom para o psicadelismo do trio 10 000 Russos antes de partir a uma extensa digressão europeia (dia 11), um dia antes dos franceses Mars Red Sky apresentarem APEX III e retomarem o tremor provocado em Valada no final do verão passado. Mas isto antecede a visita de uma santidade argentina a 13 de Maio. Não, não é o papa, mas é um apóstolo daqueles que não se lê nas escrituras: Rolando Bruno (na foto) traz-nos uma one-man-band de pura trash cumbia numa noite partilhada com Sun Blossoms e Môno.

Por fim, a tonalidade gótica também tem lugar no Sabotage para Drab Majesty e She Pleasures Herself (dia 14), dez dias antes da visita de Postcards, banda de folk rock e dreampop de Beirute, do Líbano. Siga?

Leave a Reply

Your email address will not be published.