Já mexe o Évora Metal Fest 2017. Depois de anunciadas as datas para os dias 3 e 4 de Março e confirmada a realização no Complexo das Piscinas Municipais de Évora, chegam agora os primeiros nomes para o seu cartaz.

À cabeça surgem os conterrâneos Process Of Guilt, que podem desta forma incluir a cidade-natal na apresentação de Black Earth, o aguardado quarto disco que irá suceder aos aclamados Renounce (2006), Erosion (2009) e FÆMIN (2012). A natureza do doom e do riff megalítico não estará só neste Évora Metal Fest dada também a confirmação dos britânicos Ghold (na foto), sendo estes também conhecidos pela mistura de noise e sludge como no recente PYR. A jogar também nas sonoridades mais negras do metal estarão os portuenses Névoa.

As outras três confirmações são pautadas pela velocidade e pela ferocidade das guitarras. Falamos de thrashers – os espanhóis Crisix e os alemães Contradiction – habituados a agitar as primeiras filas deste tipo de festivais. E como se não bastasse esta lição de violência, a fasquia sobe com o grind sanguíneo de Holocausto Canibal, naturalmente um dos nomes maiores da música extrema portuguesa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.