É certo que as celebrações do X Aniversário do Musicbox se têm estendido ao longo do ano, mas é no primeiro fim-de-semana de Dezembro que se atinge o cume da farra dos dez anos do clube do Cais do Sodré. É marcar na agenda e preparar as cantigas dos parabéns: 1, 2 e 3 de Dezembro.

Logo no primeiro dia, a uma quinta mas diz-se que é feriado desde 1640, dá-se a estreia nacional de Preoccupations (na foto), banda que tomou novo nome depois de um primeiro disco assinado como Viet Cong. Têm novo disco homónimo que é matéria de post-punk moderno a estudar e um concerto no Musicbox agora a não perder. A noite prossegue com o black metal de Névoa, de regresso a Lisboa depois de presença no festival holandês Le Guess Who?. O clubbing reservado para esse dia estará a cargo de Gilles Peterson, produtor francês que se afirmou na Grã-Bretanha como um notável coleccionador de discos, e ainda para Moullinex em formato DJ set.

No dia 2 de Dezembro os comandos da festa são assumidos com a força de Carga de Ombro de Samuel Úria – levantem-se os cachecóis do seu Tondela nesta liga do rock. Seguem-se JK, Cakes da Killa, Wildkatz e Midnight em formato clubbing. Já no derradeiro dia de festa, ao sábado, juntam-se Ikonoklasta (Luaty Beirão) e MCK, duas das vozes mais activas da Angola de hoje. Ikopongo é o nome do espectáculo que junta os MCs em Lisboa, concerto proibido em Luanda mas que serve de pretexto para o regresso de Luaty aos palcos depois da recente prisão. A festa fecha-se com a transversalidade das rimas e batidas de Rui Miguel Abreu e Irmãos Makossa nos gira-discos.

Até lá (e, certamente, depois) há mais Musicbox para desfrutar. Na agenda estão nomes como Oathbreaker, WIFE, Oozing Wound, Acid Arab, Keep Razors Sharp, Lotus Fever, Evols e Ricardo Martins, entre outros, ainda no mês de Novembro. Para Dezembro já se sabe da convocatória de araabMUZIK no dia 8, em noite Gin & Juice.

Leave a Reply

Your email address will not be published.