Já só falta sensivelmente um mês para o 13º OUT.FEST, mas a OUT.RA – Associação Cultural preenche ainda uns dias de Setembro com a sua programação regular OUT.RA Música. Não é que falte vida à cidade do Barreiro, cada vez mais impulsionada pela cultura com nomes internacionais de jazz de alto gabarito, mas estamos a falar de dois “aperitivos” para o grande acontecimento de Outubro.

Assim sendo em Setembro o Velvet Be Jazz Club recebe duas noites inseridas nesta programação regular. No dia 17 o guitarrista norte-americano Chuck Johnson (na foto), que se apresenta nesta passagem por cá também em Setúbal e em Vila Real, mostrar-se-á como um dos mais notáveis fingerpickers contemporâneos. Na mesma noite mostra-se também o duo Berlau & AM Ramos, de guitarra e saxofone respectivamente.

Já no dia 24 o mesmo espaço recebe duplo concerto a ter em conta. Não bastava Tom Carter, um dos viajantes psicadélicos pelas seis cordas eléctricas, como ainda se dá o regresso do prodigioso baterista Chris Corsano, aqui a juntar-se ao português Rodrigo Amado, saxofonista que é, cada vez mais, um dos nomes em voga no jazz europeu.

Para completar a programação, e como é hábito, será exibido um filme no Cine-Clube do Barreiro com entrada livre. A 1 de Outubro dá-se a estreia nacional de But The Word Dog Does Not Bark, de Bernd Schoch, que trata uma das digressões recentes de Schlippenbach Trio, uma das grandes formações do jazz europeu. Uma forma interessante de assistir a ângulos privilegiados dos trabalhos de Alexander von Schlippenbach, Paul Lovens e Evan Parker, poucos dias antes deste último passar com o seu próprio trio no OUT.FEST de 2016.

A entrada para os concertos no Velvet Be Jazz Club, a 17 e a 24 de Setembro, custa 3,50 euros em cada. Já para mais informações do OUT.FEST, consulta a nossa página alusiva ao festival, aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.