A música deu à Costa e o Sol veio para ficar. O festival O Sol da Caparica parte para a sua edição de 2016 já no próximo dia 11 de Agosto e os argumentos mantêm-se intactos – música, animação e surf. Serão mais de trinta concertos e ainda espectáculos de animação infantil ao longo de quatro dias no Parque Urbano da Costa da Caparica, em Almada.

O programa musical é para todos os gostos. Logo no dia inaugural a amplitude musical vai do rock imponente dos incontornáveis Mão Morta à kizomba de C4 Pedro e às fusões de O Rappa, passando pelo hiphop de Orelha Negra e Valete e pelo “fado” dançado de Deolinda. E a aposta na diversidade é semelhante nos dias seguintes. A 12 de Agosto, Mundo Segundo & Sam The Kid e Jimmy P surgem no mesmo alinhamento de Jorge Palma & Sérgio Godinho Juntos e Cristina Branco & Mário Laginha Trio a interpretarem Chico Buarque, num dia em que The Gift estão em destaque. Já a 13 de Agosto há rock de Rui Veloso e d’Os Azeitonas, há fado de Ana Moura e há armada da cena indie nacional – X-Wife, We Trust, Capitão Fausto e Keep Razors Sharp. O fim das noites está assegurado por Rich & Mendes, Djeff Afrozila e DJ Zé Pedro a 11, 12 e 13 de Agosto, respectivamente.

O derradeiro dia, domingo, é dedicado às crianças e tem início logo pela manhã. Haverá Canções de Roda, Lengalengas e Outras que Tais! com Ana Bacalhau, Samuel Úria, Sérgio Godinho e Vitorino, o espectáculo Galo Gordo de Inês Pupo e Gonçalo Pratas e ainda uma paródia ao filme Frozen, intitulada O Reino do Sol.

O passe geral para O Sol da Caparica custa 35 euros e o bilhete diário custa 15 euros – estes bilhetes podem ser adquiridos nos locais habituais. Já os residentes no município de Almada poderão comprar os ingressos na Loja do Munícipe de Almada e nos Postos de Turismo da Costa da Caparica e de Cacilhas com desconto especial – 32 euros o passe geral e 13 euros o bilhete diário.

Leave a Reply

Your email address will not be published.