O Festival Músicas do Mundo de Sines, FMM Sines, vai construindo um cartaz de luxo à escala global. Estando longe do mediatismo de outros festivais nacionais, este é um dos destinos mais repetidos por quem se atreve à primeira experiência de contactos com música de todos os pontos do planeta, fazendo claro jus ao nome do festival.

Para 2016 não será diferente. Os congoleses Mbongwana Star (na foto), por exemplo, são um dos nomes mais fortes para esta edição. From Kinshasa foi um dos mais aclamados discos de 2015 pela crítica, sendo bastante elogiado pela NME, The Guardian, Mojo e Drowned In Sound. Mas atenção a outros ritmos africanos, correntes musicais com bastante expressão no percurso histórico do FMM Sines – Islam Chipsy / EEK, nave espacial psico-exótica do Egipto, e Konono nº1, mestres congoleses do bazombo que já lhes valeu um Grammy. Também do contingente africano estão confirmados Khaira Arby (Mali), Speed Caravan (Argélia/Senegal), Mo Laudi (África do Sul), Karyna Gomes (Guiné-Bissau), Paulo Flores (Angola), Bamba Wassoulou Groove (Mali), Moh! Kouyaté (Guiné-Conacri), Pat Thomas & Kwashibu Area Band (Gana), Imed Alibi (Tunísia), entre outros.

Das Américas chegam Bixiga 70 (Brasil), Systema Solar (Colômbia), Juana Molina (Argentina), Los Pirañas (Colômbia), David Murray Infinity Quartet com Saul Williams (EUA), Wesli Band (Haiti/Canadá) e da Europa trazem-nos Trad.Attack! (Estónia), Dark Daughters (Ucrânia), 1982 (Noruega), Germán López (Espanha) e Alaverdi (Geórgia), para além dos britânicos Billy Bragg, The Comet Is Coming e The Unthanks. Por fim, da Ásia parece ainda haver nomes por revelar, mas já estão garantidos Nine Treasures (China/Mongólia Interior).

A nível nacional a aposta é igualmente forte. Jibóia, Filho da Mãe, A Jigsaw & The Great Moonshiners Band, Norberto Lobo, OliveTreeDance, Criatura, Hearts & Bones e ainda a nossa costela de Fumaça Preta estarão presentes no festival que acontece entre Sines e as suas imediações, como é o caso de Porto Covo. De 22 a 30 de Julho, com vista para o mar e numa das mais invejáveis zonas costeiras portuguesas, está-se a erguer mais uma bela edição do FMM Sines.

Leave a Reply

Your email address will not be published.