Na passada terça-Feira, dia 12 de Abril, o Coliseu dos Recreios teve uma enchente e nada devido à chuva que se fazia sentir. Sala cheia para ver os Fat Freddy’s Drop que regressaram a Lisboa para mostrar o novo álbum, Bays (2015).

Abrindo com “Slings & Arrows” e seguindo com “Blackbird” era claro o entusiasmo do público, que cantava e dançava ao ritmo inconfundível dos neozelandeses. De salientar o brilhantismo com que estes músicos se passeiam entre vários géneros, predominando a mistura dub-reggae-funk que lhes é tão característica.

Numa orquestração muito bem pensada visitaram-se álbuns antigos e estando feitas as visitas ao passado com temas como “Shiverman” ou “This Room”, chegam os novos sucessos – “10 Feet Tall” (single do novo álbum Bays) e “Razor” numa óptima recepção do público que já ia cantarolando as letras mais recentes e menos bem sabidas. A mítica “Roady” vem tornar o Coliseu numa só voz e tivemos ainda tempo para uma pequena menção a Bob Marley, com uma interpretação do tema “Wandering Eye”, que vem fechar uma prestação de louvar deste grupo.

De tanto que têm de transversal como de universal, seja pela audiência ou pela música, é natural que sucessivas investidas o nome Fat Freddy’s Drop vá ganhando pontos ao vivo em cada passagem que fazem por Portugal. O regresso dos neozelandeses é sempre bem-vindo.

Fotografia: Diogo Oliveira
Texto: Érica Silva

Leave a Reply

Your email address will not be published.