O cartaz do Amplifest cresce a bom ritmo durante esta semana –  e faltando apenas a sexta-feira, vêm aí mais duas confirmações? – e as novidades de quarta e quinta trouxeram-nos quatro certezas.

Depois de Minsk, Kowloon Walled City, Tiny Fingers e Caspian, a Amplificasom tingiu de negro os quatro nomes seguintes de expressões diferentes. Por exemplo, da longínqua Austrália e bom exemplo de uma tour-de-force de post-black metal chegam Hope Drone (na foto), banda que se estreia então em Portugal no dia 21 de Agosto e nos deu o gigante Cloak Of Ash em 2015 na sua estreia pela Relapse Records.

Para o mesmo dia foram também confirmadas duas outras forças – o potente alter-ego de Dominick Fernow como Prurient congelará o Hard Club como o fez às águas de Frozen Niagara Falls pela Profound Lore no ano passado, chegando cá também como estreia nacional sob este nome; e Downfall of Gaia, quarteto alemão que em 2013 diminui a Sala 2 do Amplifest, continua a provar que é possível alicerçar de forma bruta o black metal, o post-hardcore e o post-rock em planos contíguos com Aeon Unveils The Thrones Of Decay.

Em estreia absoluta nos palcos surge o mistério de Altarage, caso sério do underground que torna cavernosa e ainda mais fria a vivência no País Basco através do seu death metal. O dia que o quarteto fará o seu primeiro ritual público ainda não é conhecido, mas aguarda-se entretanto com o antecipadíssimo álbum de estreia, NIHL.

O Amplifest 2016 bate forte no Hard Club nos dias 20 e 21 de Agosto, mas o coração antecipa um batimento com Aluk Todolo no Cave 45 um dia antes e continua a bater um dia depois no Passos Manuel com Steve Von Till. Sabe mais, aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.