O Pouca Terra, bar adjacente ao Pavilhão do Grupo Desportivo dos Ferroviários do Barreiro, foi inaugurado no passado dia 19 de Fevereiro e desde então a agenda continua forte em apostas.

Desde a inauguração com concerto de Los Santeros e festa de Cooperativa Soundsystem, por lá já passaram bandas e músicos como The Dirty Coal Train, Éme, Thee O.B.’s, Twisted Freak, Ex Naive, F.P.M., Daniel Catarino e o tributo belga a NOFX, os NØFX, para além de DJ sets de Alex D’Alva Teixeira (D’Alva), Cláudio (Pista), Nuno do Roque, DJ Nunchuck e ainda festa assim-não-tão-privada dos Bro-X.

Para Abril o Pouca Terra parece não conhecer meias-medidas logo na abertura do mês. Dia 1 coloca A Jigsaw no Barreiro acompanhados pela The Moonshiners Band e dia 2 há festa dupla para encerrar a 15ªena da Juventude: concerto de lançamento do novo álbum de Nicotine’s Orchestra, I Speak Rock And Roll, e o regresso de The Jack Shits agora que Diogo Augusto está retornado a Portugal, com a noite a prolongar-se com o DJ A Boy Named Sue.

Dia 8 recebe-se de Coimbra o trio The Twist Connection, constituídos por Samuel Silva (The Jack Shits, Los Saguaros, Sonic Reverends), Tiago Coelho (Speeding Bullets) e Carlos Mendes (Tédio Boys, Wraygunn, Bunnyranch, The Parkinsons), com o dia seguinte assegurado pelo DJ set de Shaka Lion. Dia 15 e 30 há novas investidas na locomotiva, com os contornos psicadélicos de This Glorious No Age de Youthless e as canções de Cara d’Anjo de Luís Severo, respectivamente.

Tudo isto com entrada livre e a agenda ainda tem “buracos” por preencher. E contam já as más línguas que em Maio se vai receber naquele espaço o surf/garage rock estonteante de The Sunflowers, que ainda em Dezembro lá deram um concerto de loucos ao final da primeira noite de Barreiro Rocks.

Leave a Reply

Your email address will not be published.