anthrax-for-all-kings-album-newAnthrax regressam para mais um álbum, que para vos ser franco não me fez crescer muita ‘água na boca’ aquando o seu anúncio. Um dos Big 4 lançam o seu primeiro trabalho após cinco anos de Worship Music, de 2011. Apesar de as expectativas não serem enormes, propus-me ouvir este novo lançamento dos icónicos do thrash metal. Fico feliz por anunciar que o álbum excede, em larga medida, as minhas expectativas, conseguindo regressar às origens e mostrando, ainda assim, um som fresco e moderno com perspectivas para melhorar.

Consegue surpreender pela novidade de estilo e pela força impressa pela banda, neste novo álbum, sendo um dos discos mais consensuais de toda a sua discografia. Apesar de conter doze faixas e apesar de, por isso, ser um álbum longo, For All Kings não se torna aborrecida nem repetitivo e por isso mesmo consegue agrupar mais consensos à volta do mesmo. No entanto, contém as suas fragilidades em determinadas músicas, mas nada que não se possa compreender, tendo em conta a qualidade do thrash metal que é muitas vezes lançado hoje em dia.

Gostaria de destacar as faixas, “For All Kings”, “You Gotta Believe”, “Evil Twin”, “Blood Eagle Wings”, “Defend Avenge” e “This Battle Chose Us”. A pontuação divulgada é um reflexo desse sucesso e esperança para uma melhoria significativa, após o fraco Worship Music. A pontuação é a mesma do que a dada em álbuns deste ano como The Astonishing e Dystopia, dizer que este é superior a esses lançamentos é relativamente exagero e injusto perante os álbuns mencionados.

For All Kings consegue resumir muito da história dos Anthrax e ‘abanar’ os seus próprios alicerces com música fresca mas com ‘sabores’ do passado e uma esperança de mais e melhor música no futuro próximo. O regresso de Joey Belladona, de facto trouxe novidades ao som da banda, completando um ciclo de expectativas e promessas que o grupo tinha vindo a fazer, detonando os maus presságios de álbuns menos bons com outros vocalistas. A performance do grupo é fantástica e consegue em For All Kings o melhor desempenho deste século, apresentando um álbum conciso, coerente, pesado e bem estruturado.

Autor: João Braga

Anthrax regressam para mais um álbum, que para vos ser franco não me fez crescer muita 'água na boca' aquando o seu anúncio. Um dos Big 4 lançam o seu primeiro trabalho após cinco anos de Worship Music, de 2011. Apesar de as expectativas não serem enormes, propus-me ouvir este novo lançamento dos icónicos do thrash metal. Fico feliz por anunciar que o álbum excede, em larga medida, as minhas expectativas, conseguindo regressar às origens e mostrando, ainda assim, um som fresco e moderno com perspectivas para melhorar. Consegue surpreender pela novidade de estilo e pela força impressa pela banda,…

Álbum. Nuclear Blast Records. 26/02/16

8.3

Leave a Reply

Your email address will not be published.