É dia 8 de Março, ou seja, o Dia Internacional da Mulher. Por ser a música o motivo que nos faz mexer, então a nossa forma de celebrar o dia é através de uma selecção de vários temas com vozes (e não só) no feminino no espectro da música alternativa e independente.

Seja pelo dedilhar de Marissa Nadler e Emma Ruth Rundle, pela electrónica de Björk e Fever Ray, pelo rock de Courtney Barnett, The Kills e Garbage ou até pelas nuances psicadélicas e sonhadoras de Lush ou Melody’s Echo Chamber, temos mais de duas horas de música para o Dia Internacional da Mulher. Um bem haja a todas elas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.