A segunda edição do Lisbon Psych Fest já mexe. Depois de um capítulo inaugural em Abril deste ano com The Vacant Lots e Keep Razors Sharp à cabeça, o festival regressa ao Teatro do Bairro em 2016 nos dias 15 e 16 de Abril.

A linha percorrida na primeira edição é para manter. No Lisbon Psych Fest fazem-se os cuidados ao actual revivalismo do universo psych que tanto parte do shoegaze e post-punk como do kraut e noise, e é nesse sentido que chegam as quatro primeiras confirmações para 2016.

The Underground Youth é um quarteto de Manchester que solidifica o seu estatuto na cena underground do shoegaze, post-punk e darkwave álbum após álbum. O mais recente é Haunted e foi lançado em Setembro último. Do outro lado do globo, do Chile, os Chicos de Nazca abordam um som derivado do post-acid house e do rave-rock com efeitos analógicos, camadas infinitas de guitarra e teclados potenciadores de atmosferas ímpares.

O perfume do krautrock também já está confirmado para este Lisbon Psych Fest. Os responsáveis são Gnod, também de Manchester, autores de uma discografia expansiva às necessidades flutuantes do experimentalismo de repetições sinfónicas de drone. Pilar da sua difusão, Ingnodwetrust (2011) marcou a aposta da Rocket Recordings que voltou a repetir a confiança em 2015 para Infinity Machines. A única confirmação nacional até ao momento é a de 10 000 Russos, a primeira banda ibérica a lançar um disco pela Fuzz Club Records (onde figuram, precisamente, The Underground Youth). Uma força incessante de repetições esmagadoras, selvagens e escuras, tal como nos revela esse mesmo álbum, homónimo, lançado este ano.

A data já nos é conhecida. Quatro nomes também. Falta saber o preço dos bilhetes e seguir para o evento, mas até lá organizamos o cartaz aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.