Ainda se apanhavam as canas da edição de 2015 e já se sabia dos gregos Rotting Christ a encabeçar para 2016. Registadas as datas no calendário – 9, 10 e 11 de Junho – o SMSF, abreviado de Santa Maria Summer Fest, parte para uma própria redefinição. De espaços, de estadia e de música extrema.

O Anfiteatro exterior da Casa da Cultura de Beja não é mais o palco para o SMSF, mudando-se a trouxa negra o Parque de Merendas da mesma cidade, onde será feito também o campismo pertencente ao festival. Mas os restantes pilares mantêm-se: a programação economicamente acessível e orientada para a música extrema, sem restrições genéricas.

À apresentação de Rituals, novo álbum de Rotting Christ a ser lançado em Fevereiro, juntam-se mais cinco confirmações. Se os grinders Cripple Bastards, de Itália, somam a sua contra-cultura no recente Nero in metastasi de forma crua, como receber a realidade afiada das letras do rapper Allen Halloween no SMSF? Ele é Híbrido e capaz de uma própria noção de extremo. Confirmados estão também Decayed, incontornáveis na história do black metal português, para além dos british Amulet e dos espanhóis Empty.

No campo incógnito ficam ainda cerca de vinte nomes para actuar ao longo de três dias desta sétima edição do SMSF, assim como informações sobre os bilhetes. Certo, porém, é “Drunfos”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.