Para os fãs da música de amanhã, existe um Mucho Flow “hoje” para seu regalo. O Mucho Flow assume-se em Guimarães como um festival-plataforma da música que poderá estar em voga em palcos maiores no ano seguinte à sua realização.

Já no próximo sábado, dia 10, é no CAAA que se dá continuidade ao trabalho desenvolvido nas duas edições anteriores, onde se pôde assistir a nomes como Amen Dunes, Cave ou Bitchin Bajas. A cidade-berço terá 12 horas da melhor música em ascensão distribuída por nomes nacionais e internacionais entre as linguagens do rock, da folk, da electrónica e da exploração entre estas.

Um dos nomes à cabeça é o de Circuit des Yeux, projecto de Haley Fohr que se vê agora ladeada por um grupo de colaboradores em estúdio e ao vivo onde se incluem Cooper Crain (Cave), Rob Fried (Bitchin Bajas) e Kathleen Baird (Spires That In The Sunset Rises). A evolução permanente da artista prossegue agora com o novo In Plain Speech, a apresentar no Mucho Flow.

Também Girl Band são nome de destaque no cartaz, pelas suas qualidades apresentadas no novo disco Holding Hands With Jamie, editado pela Rough Tade, e também pelo facto de ser uma banda de noise rock da improvável Irlanda. Se na estreia France 98 já despertaram algumas atenções, é certo agora que a banda figurará em algumas listas de melhores do ano pela forma como se grita e bate pelas vibrações frenéticas ao longo do novo trabalho.

A nova colaboração Filho da Mãe & Ricardo Martins, para além de Jibóia, Pega Monstro, Sun Blossoms, El Rupe, Ricardo Remédio, Galgo, LAmA, Smartini e Acid Acid, compõe o restante cartaz para dia 10. Os DJ sets, a abrir e a fechar, estarão a cargo de DJ Lynce e DJ Quesadilla, respectivamente.

Os bilhetes custam 15 euros. Antecipa-te à música.

Leave a Reply

Your email address will not be published.