O Vagos Open Air, o festival que é a Meca metaleira de verão em Portugal, regressa esta semana para tingir de negro a Quinta do Ega.

O evento decorre nos dias 7, 8 e 9 de Agosto e é encabeçado pelos holandeses Within Temptation, pelos norte-americanos Black Label Society e pelos suecos Bloodbath, respectivamente. Apenas nomes cimeiros num cartaz que visa alguns dos projectos mais sonantes da história do Metal e com algum percurso mundial, como o caso dos finlandeses Amorphis, que interpretarão o clássico “Tales From The Thousand Lakes“, de 1994.

Mas um breve olhar pelo cartaz não faz mal algum. No dia 7 de Agosto o dia começa com os projectos nacionais Scar For Life e Moonshade, recebendo-se depois os suecos Vildhjarta que irão apresentar o seu djent de “Måsstaden“. O dia prossegue com os já históricos alemães Heaven Shall Burn, um dos pioneiros do metalcore europeu, e os já referidos Amorphis com o seu magnum opus. A noite termina com Within Temptation, um dos nomes maiores do rock/metal sinfónico, com o mais recente “Hydra” a apresentar ao público português.

O dia 8 de Agosto, o segundo do festival, abre as hostes com os portugueses WAKO, numa altura em que estão em transição das faixas do seu “The Road Of Awareness” para um terceiro disco, seguindo-se os thrashers galegos Mutant Squad. Também na onda do Thrash Metal mas uma referência europeia são Destruction, que actuarão logo a seguir para celebrar os seus já mais de 30 anos de carreira. Mais novos mas fundados pelo lendário Tom G. Warrior, os suíços Triptykon são um seguimento do que se fez em Celtic Frost e têm em “Melana Chasmata” um disco incrível para apresentar. Já da recta final da noite, os Black Label Society de Zakk Wylde dispensam apresentações e os históricos Venom de “Welcome To Hell” e “Black Metal” idem. Filii Nigrantium Infernalium preenchem uma slot de convidados especiais quase em modo after-party para celebrar os 20 anos de “A Era do Abutre“.

O último dia do Vagos Open Air começa mais cedo com os nossos Midnight Priest com novo vocalista e com o primeiro disco totalmente em inglês, intitulado “Midnight Steel“. Já os australianos que se seguem, Ne Obliviscaris, devem ser um dos nomes mais aguardados do cartaz devido ao arrojado “Citadel“, editado em 2013. Os escoceses Alestorm são representantes do designado Pirate Metal, com “Sunset On The Golden Age” para introduzir aos portugueses. Enquanto uns se introduzem, os israelitas Orphaned Land reencontram um público que lhes é fiel, e a repetir a dose em Vagos, embora pela primeira vez no recinto da Quinta do Ega, os Overkill vão voltar a provar em Portugal o porquê de serem umas das bandas históricas do Thrash Metal em melhor forma. Por fim, a fechar o VOA, os Bloodbath mostram-se ao vivo com os seus novos vocalista, Nick Holmes (Paradise Lost), e álbum, “Grand Morbid Funeral” e os portugueses Ironsword celebram o seu 20º aniversário com o novo “None But The Brave” também em modo de special guests.

Os bilhetes para o Vagos Open Air podem ser adquiridos nos locais habituais. O passe geral custa 65 euros enquanto o bilhete diário se situa nos 32 euros.

One Response

  1. Michael Magnus

    In 2 Day
    Heads of posters will be the Venom! Filii Nigrantium Infernalium enclose with Satanism that day!
    Hell guaranteed

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.