Os God Is An Astronaut são um caso de sucesso do Post-Rock. Instrumentais, deles para nós e de nós para eles, os irlandeses consumam daqueles regressos sempre bem vistos em Portugal.

Se em Outubro de 2013 os vimos no Hard Club (Porto) e no Tmn Ao Vivo (actualmente Armazém F, Lisboa), em 2015 repetiu-se a graça. Apesar de ser o último disco editado – vem aí outro, já este ano – “Origins” incidiu menos sobre o alinhamento nesta passagem por cá, guardando mais o seu tempo para temas de álbuns como o célebre “All Is Violent, All Is Bright“.

Em Lisboa, onde estivemos presentes, houve direito a primeira parte dos nacionais Katabatic. Em baixo segue a foto-reportagem do concerto da autoria de Manuel Casanova:

(Nota: A nossa repórter Rute Pascoal não pôde comparecer ao concerto devido ao corte do trânsito na Ponte 25 de Abril. Agradecemos a compreensão de todos.)

Leave a Reply

Your email address will not be published.