No passado Sábado, dia 14 de Março de 2015, o Beat Club em Leiria viu arrancar a tour de apresentação do novo álbum de originais dos metaleiros industriais Waste Disposal Machine. Debris, que constituiu metade da setlist, viu a luz do dia em Maio de 2014, seis anos após o álbum de estreia da banda tomarense, catorze após a sua fundação no virar do milénio.

Ultrapassada uma falsa partida, o concerto arrancou perto das duas da manhã, com a faixa de abertura do álbum em cartaz, uma hipnotizante As Time Goes By (You Breathe Up Your Life) falando do avançar da idade, do fogo que ainda arde, do fumo que tolda a visão. Num crescendo sonoro de progressivo peso e agressividade, sobretudo interessante em Infoxication, a primeira metade do concerto acabou por dar uma pausa para respirar com a instrumental Matrioska.

Para a segunda metade estavam guardados alguns dos momentos mais deliciosos do concerto. O êxito I Sing The Body Electric, do álbum Interference, foi um deles, um dos momentos altos da noite. Também desse registo, In Silence trouxe mestria na composição, seguindo-se o tema título do álbum novo, Debris. A fechar, um tema inédito e Name Of The Game, que deu por defunto o concerto quando passavam cinco minutos das três.

Músicas dançáveis e enérgicas contrastaram com uma presença em palco a tender para a letargia, sobretudo visível no bocejante vocalista João Gonçalves. Uma casa pouco cheia também contribuiu para o ambiente menos eufórico. Fica para a história um novo álbum que contém a essência do primeiro aprimorada, mantendo a banda num patamar interessante e agradável a ouvidos abertos a novas experiências sonoras.

Fotografia: Marina Silva
Texto: David Matos

ver setlist

Leave a Reply

Your email address will not be published.