Mesmo sem os integrantes Mao e Cacá, Sukata e Caverna prosseguem a carreira dos brasileiros Garotos Podres e fazem de Portugal uma passagem obrigatória.

A banda do estado de São Paulo fundada em 1982 ocorre actualmente numa disputa judicial, devido ao direito de uso do nome da banda. De um lado estão Sukata e Caverna, que prosseguem a carreira com dois novos membros (Gildo e St. Denis), e do outro estão Mao e Cacá, que seguem agora com a banda O Satânico Dr. Mao e os Espiões Secretos.

Os Garotos Podres, com esta nova formação, irão actuar por várias ocasiões neste mês de Novembro em Portugal. Começam por cá dia 13, em Faro, no Maktub Bar. A 14 actuam nas Caldas da Rainha, nos Ateliers Nos Silos, juntamente com Albert Fish, Challenge e F’rrugem. No dia 15 fazem-no Hard Club (Porto), com Skarmento, Albert Fish, Grito! e Self-Rule. Passam por Cascais, no Stairway Club, no dia 20, com Rebels In Packages e Booze Abuser, actuando no dia seguinte em Alpiarça, no Tem Que Ser Ber (ex-Gasómetro), com F’rrugem. Passam pelo Side B, em Benavente, no dia 22, onde gravarão um disco ao vivo e contarão com a primeira parte de Taberna e Scum Liquor. A digressão prossegue dia 23 no Salão Brazil (Coimbra) e dia 26 no RCA Club (Lisboa).

O preço dos bilhetes e as informações para cada espectáculo são bastante variáveis. Sabido é que apresentarão Saúde e Trabalho, novo disco da banda de punk rock.

Em baixo segue o cartaz para o concerto de Alpiarça, um dos muitos que darão por cá:

Garotos Podres

Leave a Reply

Your email address will not be published.