O Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro está de volta nos primeiros dias de Outubro e tem um programa cheio pela cidade fora.

O OUT.FEST 2014 realiza-se de 2 a 5 de Outubro, apesar do primeiro dia do mês dar o pontapé de saída no que ao programa diz respeito – Carla Bozulich (na foto) volta um ano depois, desta vez para promover um workshop mediante de inscrição para uma performance final no Teatro Municipal do Barreiro. Também Peter Evans, que actuará no evento como quinteto, será responsável por uma masterclass na Escola de Jazz do Barreiro. É com esta proximidade com a música que o OUT.FEST apresenta o seu programa.

Na noite de 2 de Outubro, o Be Jazz Cafe recebe o alemão Peter Brötzmann, figura que apadrinhou o free jazz europeu, acompanhado pelo baterista britânico Steve Noble (dos Æthenor). Nesse espaço e noite, actua também o guitarrista Norberto Lobo.

A 3 de Outubro é a vez da Casa da Cultura da Baía do Tejo receber o OUT.FEST. Fennesz, compositor e músico austríaco decisivo na história recente do cânone da electrónica, pegará na sua guitarra e computador para traduzir a sua linguagem. Já Dean Blunt é um artista britânico ligado às incursões experimentais e vanguardistas entre o lo-fi e noise e mostrar-se-á ao Barreiro como um dos músicos mais imprevisíveis da actualidade. O trompetista Peter Evans estreia-se no OUT.FEST em formato quinteto, formado com Jim Black, Sam Pluta, Tom Blancarte e Carlos Homs, com um único álbum editado – “Ghosts”, de 2011. A não perder, uma incursão jazz num mundo digital, por Peter Evans Quintet.

Rodrigo Amado é actualmente um dos nomes mais fortes do jazz nacional e leva ao festival e o seu conjunto reúne três dos mais criativos improvisadores do país – o guitarrista Manuel Mota, o contrabaixista Hernâni Faustino e o baterista Gabriel Ferrandini. Rodrigo Amado Wire Quartet irá actuar a 4 de Outubro no Be Jazz Cafe, durante a tarde, fazendo-se suceder à actuação de Open Mind Ensemble.

À noite, há concertos no Pavilhão do G. D. Ferroviários – os lendários Faust, germânicos do krautrock desde o início da década de 70, apresentarão-se no Barreiro com uma formação composta pelo duo nuclear actual da banda e membros originais, Jean-Herve Peron e Warner “Zappi” Diermaier. Os The Ex, à semelhança de The Fall, são referências ininterruptas do pós-punk desde a explosão original do género e trazem-nos de Amesterdão o seu trabalho de mais de vinte discos. Esta noite conta também concertos dos norte-americanos Magik Markers e dos portugueses Putas Bêbadas.

Depois da grande noite, segue-se o fecho do programa no habitual Convento da Madredeus da Verderena, desta vez com actuações durante a tarde e com entrada livre. No último par de anos receberam-se Kevin Drumm,Oren Ambarchi, Helm e Rafael Toral, portanto a linha mantém-se: haverá desafios à barreira do som pelo norte-americano Charles Cohen e pelo libanês Rabih Beaini.

Para informações relativa ao preço dos bilhetes e horários e distribuição das actuações, consulta a nossa página alusiva ao evento, aqui, onde poderá também recordar parte das duas últimas edições do OUT.FEST, onde estivemos presentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published.