Um dos incontornáveis marcos da história do rock português irá ser interpretado na Aula Magna e na Alfândega do Porto neste mês de Abril.

É claramente uma das mais completas viagens espaciais, sendo um álbum essencial para qualquer fã do bom rock progressivo com especial incidência no cósmico e espacial.” – Palavras do nosso colaborador João Braga, que dedicou um artigo completo a esta faceta de José Cid em Março de 2013. O mesmo pode ser recordado, aqui.

Apesar de recordado com um artista de conotação pop em Portugal, José Cid deixou-nos um trabalho que, apesar de falhanço de vendas na altura, se tornou uma obra de culto obrigatória para os fãs portugueses de rock progressivo. “10 000 Anos Depois Entre Vénus e Marte”, nome do disco, e lançado em 1978, chegará ao palco da Aula Magna (Lisboa) na noite de 11 de Abril. Na noite seguinte, é a vez da Alfândega do Porto receber as honras.

Serão também interpretados temas do seu próximo álbum do género, intitulado “Vozes do Além”, assim como um tema do seu primeiro álbum – “Onde, Quando, Como e Porque Cantamos Pessoas Vivas”.

Os bilhetes em Lisboa custam 25 euros para lugares de anfiteatro e 30 euros para lugares doutorais. No Porto os preços também variam entre 25 e 30 euros consoante o lugar desejado.

Foi também revelado, mais recentemente, que José Cid irá repetir o concerto no regressado Festival Vilar de Mouros, a acontecer de 31 de Julho a 2 de Agosto de 2014.

José Cid

Leave a Reply

Your email address will not be published.