Os Switchtense e os For The Glory uniram forças para levar a sua música a várias salas do país, começando a sua No Barriers Tour no Hard Club (Porto) e Beat Club (Leiria), com as bandas de abertura a variarem com as datas.

Switchtense + For The Glory + Gates Of Hell + Answers Within
Hard Club, Porto – 11/10/2013

De regresso ao Norte, com o apoio de For the Glory, Gates of Hell e Answers Within, os Switchtense proporcionaram-nos mais uma bela noite de metal na invicta. Os portuenses Gates of Hell trouxeram-nos,  como era de esperar, grande parte dos temas do seu mais recente trabalho, “Critical Obsession”, mas não esquecendo os temas antigos e dando assim um bom concerto, que já é hábito na casa. Houve uma grande afluência do público mais dirigido ao hardcore, como era de esperar, devido aos For the Glory que apesar de alguns incidentes de pouca importância mais uma vez arrasaram cativando grande parte do público, havendo movimento durante toda a sua actuação.

A banda mais esperada da noite, Switchtense, que actuou com Rolando Barros, baterista de Grog ou The Firstborn, devido à saída de Xinês, nada que os impedisse de provocar o caos, trouxe na bagagem êxitos como ‘Face Off’, ‘Unbreakable’, ‘Into the Words of Chaos’ e ‘Infected Blood’. Mais um concerto sem qualquer coisa a apontar e com excelente adesão do público presente, sem dúvida uma banda que nunca desilude os seus fãs e que, sem dúvida, será sempre recebida calorosamente na cidade do Porto.

Fotografia e Texto: Rita Mota

Switchtense + For The Glory + Primal Attack
Beat Club, Leiria – 12/10/2013

A segunda data da No Barriers Tour chegou até Leiria e levou os Primal Attack como banda de abertura, a convite dos anfitriões Switchtense e For the Glory. Os Primal Attack estreavam-se em Leiria e era por volta da meia noite quando subiram ao palco. A banda lisboeta teve uma actuação consistente e com muita energia, apresentando os temas do seu álbum de estreia, “Humans”. Foram cerca de 35 minutos de thrash/groove metal cheio de intensidade que ainda contou com a presença de Hugo Andrade em ‘Despise You All’. O público ainda se encontrava tímido mas começou a manifestar-se sempre impulsionado pelo vocalista Pica.

De seguida vieram os For The Glory. Primeiro concerto da banda em Leiria em algum tempo, e com o “Lisbon Blues” na bagagem, o que aconteceu foi um concerto como os For The Glory já nos habituaram: hardcore sem tretas sempre a fundo! Liderados por Congas sempre na linha da frente ao pé do publico e sempre incentivando-o a participar, fez também questão de dizer que para quem não o conhece “tem muita coisa a dizer”, falando e passando a mensagem entre as músicas. O público aderiu e foi um grande concerto da banda, provando o porquê de ser uma das melhores bandas de hardcore do nosso país e do mundo! Passando pelos seus vários álbuns, terminaram o concerto com a clássica ‘Survival Of The Fittest’.

O fecho da noite coube aos Switchtense. A banda da Moita simplesmente não sabe dar maus concertos, ponto! Concerto com um nível de intensidade sempre lá em cima e com uma setlist bastante boa, indo sempre a fundo até acabar. Apesar de terem recentemente perdido o seu baterista, Rolando Barros assumiu as baquetas de forma mais que competente, não deixando nada a dever ao anterior baterista. ‘Unbreakable’, ‘Into The Words Of Chaos’, ‘Infected Blood’, entre outras fizeram as delícias dos presentes, acabando a noite em grande, provando com esta tour… que seja bandas de metal ou hardcore, o que importa é a amizade e a música!

Fotografia e Texto: Tomás Lisboa

Leave a Reply

Your email address will not be published.