WOLVSERPENT  – “Perigaea Antahkarana”

Official Website | Facebook | last.fm

Wolvserpent1Conhecidos até 2010 como Pussygutt, a sua mudança de nome foi mais do que conveniente, reflectindo então uma transição para outras sonoridades. Já como Wolvserpent, este duo lançou um “Blood Seed” quase autobiográfico, compondo quarenta minutos de uma atmosfera para consumo próprio. “Perigaea Antahkarana” marca a estreia de Britanny McConnell e Blake Green na Relapse Records, superando facilmente as expectativas. Este disco é altamente pesado, corrosivo, assustador.

O nevoeiro de ‘Threshold Gateway’ dissipa-se nos seus curtos três minutos, trazendo consigo um leve assobio a antecipar a pesada carga do ambiente de ‘Within The Light Of Fire’. Blake Green faz soar a sua guitarra entre o doom e as dissonâncias que Justin K. Broadrick celebrizou nos Godflesh. A capacidade com que apenas dois membros causam camadas tão espessas de som, umas sobre as outras, invoca uma musicalidade muito concêntrica e de difícil digestão. Em ‘In Mirrors Of Water’ sentimos o espaço negro em que os Bohren & Der Club Of Gore se inserem a ser transformado numa profunda caverna receptiva aos Wolves In The Throne Room, com especial destaque a Brittany McConnell por atravessar os violinos e os blastbeats da faixa ao longo dos seus quase vinte e dois minutos.

Sim, o álbum é imensamente longo – ultrapassando até a marca dos oitenta minutos – mas belo e com motivações suficiente para o repetir várias vezes. Os Wolvserpent sabem dar voz ao culto e ao oculto da música pró-ritual sem cair na monotonia, alternando entre a violência do black metal com a angustiante pena do dark jazz.

// Nuno Bernardo

Perigaea AntahkaranaPaís
E.U.A.

Membros
Blake Green – Voz, Guitarra, Teclados
Brittany McConnell – Violinos, Bateria

Alinhamento
Threshold Gateway | Within The Light Of Fire | In Mirrors Of Water | A Breath In The Shade Of Time | Concealed Among The Roots And Soil

WOLVSERPENT  - "Perigaea Antahkarana" Official Website | Facebook | last.fm Conhecidos até 2010 como Pussygutt, a sua mudança de nome foi mais do que conveniente, reflectindo então uma transição para outras sonoridades. Já como Wolvserpent, este duo lançou um "Blood Seed" quase autobiográfico, compondo quarenta minutos de uma atmosfera para consumo próprio. "Perigaea Antahkarana" marca a estreia de Britanny McConnell e Blake Green na Relapse Records, superando facilmente as expectativas. Este disco é altamente pesado, corrosivo, assustador. O nevoeiro de 'Threshold Gateway' dissipa-se nos seus curtos três minutos, trazendo consigo um leve assobio a antecipar a pesada carga do ambiente de 'Within…
Os Wolvserpent sabem dar voz ao culto e ao oculto da música pró-ritual sem cair na monotonia, alternando entre a violência do black metal com a angustiante pena do dark jazz.

[Álbum / Relapse Records / 17 Setembro 2013]

Classificação

93%

Os Wolvserpent sabem dar voz ao culto e ao oculto da música pró-ritual sem cair na monotonia, alternando entre a violência do black metal com a angustiante pena do dark jazz.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.