NAILS – “Abandon All Life”

Official SiteFacebook | last.fm

NailsDez faixas, pouco mais de quinze minutos e um estardalhaço enorme. São estes os números que compõem “Abandon All Life”, o álbum que dá para ouvir duas ou três vezes enquanto estas linhas são escritas. E a banda norte-americana despacha-nos com tamanha intensidade que não sabemos se odiámos ou adorámos nas primeiras audições.

Mas bem vistas as coisas, escutar o álbum em loop aumenta a sua extensão e não nos cansamos de ouvir o mesmo pormenor vezes e vezes sem conta a cada vinte minutos. Nails são pregos, em bom português. E para abandonar toda a vida (e, em loop, a próxima e a outra que vem, etc.), começamos por nos sentar num caixão no momento em que o álbum toca o habitual leitor de discos. Em poucos minutos obrigam-nos a deitar e apregoam-nos em cada extremidade do pousio permanente. Escavam o solo e empurram-nos. Somos o nosso próprio funeral, sendo cada recordação uma breve nuance embrulhada nos blastbeats de Taylor Young e na agressividade activa das guitarras de Jones e Saba. Existe uma brutalidade enorme para ser descrita em menos palavras do que o álbum dura: é repetir, re-ouvir, gostar, adorar, idolatrar e desejar mais. Isto em vinil tem um prazo de validade facilmente atingível, mas Nails é isto mesmo.

Um dos discos do ano e daqueles que mais irão rodar até ao final de 2013. E caso os Nails desistam de ser músicos, têm lugar garantido no cemitério mais próximo enquanto coveiros.

// Nuno Bernardo

[one_half] Abandon All Life
[/one_half] [one_half_last]

País
E.U.A.

Membros
Todd Jones – Voz, Guitarra
Saba – Guitarra
John Gianelli – Baixo
Taylor Young – Bateria

Alinhamento
In Exodus | Tyrant | Absolute Control | God’s Cold Hands | Wide Open Wound | Abandon All Life | No Surrender | Pariah | Cry Wolf | Suum Cuique

[/one_half_last]

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.