NEUROSIS – “HONOR FOUND IN DECAY”

[Álbum / Neurot Recordings / 26 Outubro 2012]

Official Website | Facebook | last.fm

Meca. Destino mais sagrado para a fé muçulmana. As tradições islâmicas são levadas com a maior seriedade e respeito por quem as defende, e quem se atreve em questionar tais crenças corre um considerável risco de perigo. Pois bem, os Neurosis são a Meca de muita gente. Existe uma aura espiritualista em redor destes gigantes de Oakland que os torna num alvo religioso pelos seguidores. E as suas aparições cada vez mais raras em palcos e lançamentos solidificaram um nome que já é uma indubitável referência da música pesada. E com grande poder vem uma enorme responsabilidade, os Neurosis conhecem bem a importância que ostentam e o significado que as suas palavras podem ter. A carreira de 27 anos até ao lançamento deste álbum não podia ter sido menos icónica e, cinco anos depois do estrondoso “Given To The Rising”, chega-nos “Honor Found In Decay”.

Como em qualquer outro álbum de Neurosis, especialmente aqueles que foram lançados na década que passou, o álbum demora o seu tempo a digerir. A sua música e o seu conteúdo não são fáceis de todo e só perde quem desiste. Desafiam-se a cada álbum a destruir as suas próprias barreiras e o seu próprio peso – seja pela devastadora combinação de vozes de Scott Kelly, Steve Von Till e Dave Edwardson ou pelo trabalho excepcionalmente apocalíptico de Noah Landis nos instrumentos que lhe compete, os Neurosis encontram aqui a sua honra encontrada na decadência na orgânica luz que tendem a esconder no som fechado e engavetado numa hora de música. Ainda que se abra o disco da forma mais fácil possível (‘We All Rage In Gold’ é das mais easy-listening que a banda já mandou cá para fora), as restantes seis faixas são muito duras. ‘At The Well’, ‘My Heart For Deliverance’ e ‘All Is Found… In Time’ são três paisagens em tons tempestuosos, alternando entre o Sol encoberto e a escuridão total, revelando um conforto musical que só os Neurosis são capazes de transmitir.

Cada um de nós irá tirar as suas ilações das líricas que acompanham este trabalho, mas o instrumental esmaga-nos a todos de igual forma. E porque não convém utilizar num órgão social uma linguagem sexualmente explícita, deve-se concluir que “Honor Found In Decay” é um álbum do genital masculino.

[94/100] // Nuno Bernardo
Análise submetida a novo sistema de classificações

[one_half]
[/one_half] [one_half_last] País
EUA
Membros
Scott Kelly – Voz, Guitarra
Steve Von Till – Voz, Guitarra
Dave Edwardson – Baixo, Voz (adicional)
Noah Landis – Teclados, Orgão, Piano, Samples, Efeitos
Jason Roeder – Bateria
Josh Graham – Visuais
Alinhamento
We All Rage In Gold | At The Well | My Heart For Deliverance | Bleeding The Pigs | Casting Of The Ages | All Is Found… In Time | Raise The Dawn

[/one_half_last]

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.