SILENT LOVE OF DEATH

Donde habite el olvido

[CD + DVD – GH Records – 2011]

 

Nascidos das cinzas do projecto Lament, os Silent Love of Death nasceram em 2000 na mente dos irmãos Toledo, como consequência de uma procura por novos horizontes musicais. O seu mais recente álbum, Donde habite el olvido, data de 2011 e é o segundo da banda espanhola (sediada em Sevilha), sucessor de The Poet’s Sense (2005) e um projecto algo peculiar, que junta poesia, darkwave e algum experimentalismo. Mas Donde habite el olvido não é apenas uma obra musical, é também um tributo ao trabalho do poeta espanhol Luis Cernuda (1902-1963), cujos poemas ganham uma nova dimensão neste álbum.

Composto por nove músicas, foi criado de forma a envolver os poemas de Cernuda e de modo a transmitir, nas palavras dos próprios irmãos Toledo, “o significado das próprias emoções, especialmente aquelas que forjam as camadas mais sombrias da nossa alma”, através da criação de uma atmosfera algo negra e penetrante, aliada à narração em spoken words. As músicas são lentas, mas ritmadas, com uma faceta algo experimental, mas que acabam por se aproximar mais do estilo darkwave, com alguns momentos neofolk (como em “Elegía Española”), que nos lembram bandas como Sol Invictus ou Death in June.

Ao contrário do que sucedeu com trabalhos anteriores (incluindo as duas participações nas compilações My Dear Freaks e My Dear Freaks 2), a componente lírica do álbum é exclusivamente em espanhol o que, numa primeira audição, pode parecer um pouco estranho, habituados como estamos a associar outras línguas a este tipo de sonoridade.

Para além do álbum propriamente dito, este lançamento é também composto por um DVD, que nos permite não só uma leitura dos poemas de Cernura aqui tornados música, como também assistir a uma série de belíssimas curtas metragens da autoria de Guillermo Garcia, que acompanham visualmente cada música, numa proposta muito interessante para aqueles que pretendem experienciar o álbum de uma forma diferente.

Assim, Donde habite el olvido é um álbum que não deixará os fãs deste tipo de sonoridades descontentes, ao mesmo tempo que oferece uma experiência diferente de âmbito audiovisual, onde a poesia ganha lugar de destaque.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.