A sétima edição do Lisbon Tattoo and Rock Fest realizou-se nos dias 7, 8 e 9 de Outubro, na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico.
Note-se que nós apenas estivemos presentes nos dias 8 e 9.

Dia 8

Ao chegar à sala/recinto da convenção/festival, desde logo senti o bom ambiente que ali se vivia, no dia que se adivinhava ser o mais “concorrido”, devido a ser Sábado. Ao passear pelas bancas via-mos todo o tipo de pessoas a ser tatuadas (algumas até bastante corajosas fazendo tatuagens nas costas inteiras), afinal de contas estavam ali alguns dos melhores artistas mundiais. Embora se ouvisse muitos queixarem-se dos preços inflacionados das tatuagens, isso não fez com que as bancas não estivessem quase sempre lotadas com pessoas a ser tatuadas e com muitos curiosos.

Mas a convenção não se resumia a isto, daí o nome “festival”. Durante o festival também aconteceram concursos das melhores tatuagens, concursos de pin-ups, concursos de skaters e ainda CONCERTOS.

No dia anterior o palco foi entregue aos SONS OF MISFORTUNE e aos grandes WILD TIGER AFFAIR e neste dia 8 foi a vez dos HILLS HAVE EYES seguidos pelos MEN EATER.

Os HILLS HAVE EYES deram um bom concerto com um som pesado mas sempre bem dispostos e muito interactivos. No entanto o som da sala não era dos melhores e a curta-duração do espectáculo fez com que muitos ignorassem um pouco a actuação.
Já os MEN EATER entraram em palco com um público bem mais composto e apressados para tocar durante todo o pouco tempo que tinham, desta vez já com o recente membro Fábio Jevelim. Tocaram os princípais temas como “First Season” e a icónica “Lisboa”. É impossível alguém ignorar a entrega e a energia demonstrada pelos musicos em palco, portanto se estiverem a pensar em passar por um concerto de MEN EATER façam-no porque vale sempre a pena. O espectáculo contou ainda com uma participação de Poli, irmão do Mike (conhecido também como Sam Alone e por fazer parte dos Devil in Me e Sons of Misfortune).
Dia 9

Domingo foi um dia mais calmo, em que pudemos apreciar as tatuagens com mais calma. Foram premiados os vencedores de todos os concursos e tornou-se mais fácil passear pelas bancas de tatuagens. Para o ano lá estaremos de novo!

Clique nas fotografias para as ampliar. Mais fotografias aqui!

Texto e fotografias por Manuel Casanova

Leave a Reply

Your email address will not be published.