k2o3 No Fio Da Navalha

Banda: k2o3
Álbum: No Fio Da Navalha
Lançamento: 2009
Editora: Infected Records DIY
Género: Punk Rock
País: Portugal

k2o3

Membros:
Ulisses – guitarra e voz
Mini – guitarra solo
Chaves – guitarra baixo
Nuno – bateria e voz

k2o3_banda

Alinhamento

01. Abismo
02. Lama
03. Ovelha Negra
04. À espera de nada
05. Namorada
06. Olhos nos olhos
07. Beco sem saída
08. Faca
09. Miragem
10. Vira-lata
11. Mais ou menos
12. Silêncio (instrumental)

Depois de uma forçada ausência, mais uma vez, da Ruído Sonoro, volto à carga com a apresentação/review de mais um álbum, desta feita de uma banda nacional, originária da região de Setúbal. k2o3 são velhos conhecidos na cena Punk Rock nacional, apadrinhados pelos Xutos e Pontapés em 1996, quando com o apoio de TIM gravaram o álbum “És Capaz”. Apesar de andarem afastados há já alguns anos em termos de gravação de novos sons, nunca deixando os palcos, voltam com o mais recente trabalho, intitulado “No Fio da Navalha”.

Pessoalmente, podia esperar mais deste trabalho, isto sou eu, fã de som mais rasgado, menos esteticamente sonorizado, mais “à la garage”. No geral e acompanhando a cena Punk Rock nacional, este trabalho está ao nível dos melhores álbuns do estilo nos últimos anos, ou não estivéssemos a falar de uma reputada banda como são os k2o3.

Como já referi, este álbum numa primeira audição, salta logo a primeira impressão as novas masterizações e arranjos dos dias de hoje. Todos os instrumentos soam limpos, de excelente audição. Vocalmente irrepreensível, a voz do Ulisses é inconfundível.

k2o3 Cartoon

O álbum começa com o single de apresentação, a faixa Abismo (ver vídeo), perfeitamente bem escolhida, esta música tem o que posso dizer, poder para “massas”, tem a força de um single e com uma letra simplista de fácil percepção. Nota-se logo desde início  que a temática do álbum roda em torno de sentimentos, do social introspectivo e de discurso pessoal. A segunda faixa, para mim, entra no grupo de favoritas do álbum, mais pesada, como poderei dizer, mais “avacalhada” e segue com outra dos grupo das mais “up”, a Ovelha Negra. Duas faixas de encher o ouvido e de ritmos ao velho estilo de k2o3. Até à faixa “Vira-Lata”, o registo segue muito homogéneo, já a esta última referida faz lembrar a grande “Vaquinha”, o exaltar do puro punk rasgado e descomplexado.

Em suma, um álbum que enche as medidas, que prova e assume todo o estatuto que os k2o3 têm no Punk Rock nacional, há mais de uma década na estrada e sempre em alto nível, de salutar. Resta que os quilómetros por percorrer pelo nosso país provem o resto, tenho a certeza que a aderência do público mais jovem vai continuar e os mais velhos cá estarão para manter essa chama viva.

Bons Sons!

Cumprimentos,
Ricardo Raimundo

Apreciação Pessoal: 8/10


Abismo

k2o3 | MySpace Music Videos

Related Posts

2 Responses

  1. Ricardo Raimundo

    Boas,

    Como no myspace consta Santiago do Cacém, Santo André e Setúbal, optei por colocar região de Setúbal, ao qual as duas localidades fazem parte distrital.

    (alentejanos como eu então!)

    btw… Obrigado pelo comentário! 😉

    Cheers!

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.